Início / Crónicas / Porque os encontros para sexo são sempre os melhores
Porque os encontros para sexo são sempre os melhores

Porque os encontros para sexo são sempre os melhores

Em várias das minhas crónicas sempre disse que não ia para a cama com todos os meus clientes. No entanto, é preciso admitir que os encontros para sexo são sempre os melhores.

Isto acontece porque sou eu que escolho os meus clientes, porque se fossem eles que me escolhiam a mim, provavelmente não seriam tao prazerosos.

Encontros para sexo – Como é que escolho

Pois bem, a verdade é que ao ser acompanhante de luxo independente, tenho a liberdade de me encontrar apenas com os clientes que eu aceito. Como é obvio, existem diversos que ficam de fora da lista de clientes por diversos motivos.

A idade é um deles. Tendo em conta que tenho 31 anos, homens com mais de 60 anos estão obviamente fora da lista (até porque muitos deles já nem sequer conseguem levar a pila sem tomarem Viagra) de encontros para sexo.

No entanto, quando se trata de idas a eventos, viagens de negócios ou jantares sociais, não há qualquer problema com a idade (até porque, nesses eventos é possível conhecer dezenas de homens diferentes).

Outro dos fatores que me leva a recusar ou não sexo, é a aparência. Desencane-se que acha que nós, acompanhantes, fodemos tudo o que mexe desde que paguem.

Isso comigo não acontece. Tenho padrões de beleza e de forma alguma deixava um homem com uma má aparência enfiar-me a pila cá dentro.

Pode parecer mau dizer isso, mas é o meu corpo e não o “vendo” a qualquer um. Muito pelo contrário.

Porque é que gosto mais dos encontros para sexo

A verdade é que os encontros para sexo são muito mais excitantes e eróticos, além de muitos deles terminarem em orgasmos fabulosos.

Outro ponto essencial, é que existem clientes com fetiches e fantasias tão interessantes, o que torna tudo muito mais divertido.

Por exemplo, tive um cliente que me pagou muito bem para ir com ele a uma casa de swing (já que ele não poderia entrar sem ser acompanhado).

Além de ter conhecido dezenas de casais que adoram a prática de sexo com outras pessoas, experimentei sexo com várias pessoas (homens e mulheres), fi-lo em público e em privado e aproveitei um show de strip.

Tudo isto só é possível porque quando os homens querem e desejam experimentar algo novo, têm medo de o fazer com a mulher com quem vivem.

Acreditem quando vos digo, que o cliente que me levou à casa de swing, nunca na vida iria lá com a mulher. Só a ideia de outros homens lhe poderem tocar e ela poder ter algum interesse em experimentar estar com outra pessoa, eram o suficiente para ele nem sequer entrar.

No entanto, como eu era apenas a acompanhante dele, foi possível disfrutar em pleno de diversos jogos e atividades sexuais, ver-me com outros homens e mulheres, e atingir orgasmos sem sequer precisar de me penetrar.

No entanto, tal como este cliente, existem muitos outros que fazem com que os encontros para sexo sejam bem mais divertidos.

Acerca Andreia

Check Also

Crónica de uma acompanhante - O dia em que resolvi ser puta de luxo

Crónica de uma acompanhante – O dia em que resolvi ser puta de luxo

Não são raras as vezes que ouço a expressão “ puta de luxo ” como …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.