Início / Crónicas / Um encontro especial com um cliente antigo!
encontro especial

Um encontro especial com um cliente antigo!

Olá meus queridos,

Aposto que já estavam com saudades minhas! Quero-vos contar a história de quando tive um encontro especial com um antigo cliente, digamos que é uma história muito interessante de se contar!

Encontro Especial numa noite de Lisboa

Numa noite em que estava a sair com mais quatro amigas, fui dar de caras com o António, um antigo cliente, aliás dos meus primeiros clientes regulares. Mas por alguma razão deixou de me contactar, mas claro na linha de trabalho que tenho isso não será mesmo nada de estranhar!

Há sempre várias razões para que eles não nos voltem a procurar, podem ser casados e a mulher descobriu o que se passava, ficam sem dinheiro ou encontraram outra pessoa para nos substituir e satisfazer outro tipo de fantasias sexuais!

Por norma não costumo misturar negócios com lazer, isto é, estava com amigas e elas não sabem o que faço como profissão, já referi várias vezes, as pessoas ainda têm uma mente demasiado retrógueda para este tipo de emprego!

Mas fez-me pena tê-lo perdido enquanto cliente, estava-se a aproximar e devo de confessar que o tinha como um dos meus favoritos (não só porque ele tinha imenso dinheiro e me dava boas gorjetas) mas como é que realmente uma boa pessoa!

Assim que os nossos olhares se cruzaram naquele bar em Alcântara, foi como se tudo o resto tivesse desaparecido e uma saudade que nem sequer sabia que tinha me estivesse a pesar no peito! Um sorriso involuntário mostrou-se tanto no meu rosto como no dele, e tivemos que andar em direcção um ao outro, quando já estávamos perto demos um abraço apertado, sem trocar nenhum tipo de palavras pelo menos durante cinco minutos.

As minhas amigas acharam estranho, abraçar assim alguém que nunca antes tinha visto na vida, mas elas sempre disseram que levava uma vida dupla, mal elas sabem da história toda!

Ao olhar para ele, depressa tive vontade de o ter logo ali, mas estávamos no meio da pista e não dava muito jeito começarmos a ter sexo logo ali!

Fui ter com as minhas amigas e expliquei-lhes que era um velho amigo e que estava com problemas familiares e que precisava de desabafar, elas queridas como são aceitaram e deixaram-me ir!

Hábitos sexuais que não se esquecem!

Posso dizer que este foi sem dúvida um encontro especial! Eu estava normalmente vestida para um sábado à noite, estava com um vestido preto que mostrava bem as minhas curvas e com uns saltos altos não muito altos, mas nada que eles estivesse habituado!

Como seria de esperar fomos para um hotel, logo ali perto de Alcântara, o desejo sexual e a tensão que estávamos a sentir não deixava espaço para muito! Mas, havia algo que tinha que ser discutido, isto não era apenas um encontro de sábado à noite, e como não gosto de abrir excepções ás minhas regras, fiz questão de lhe estender a mão, ele percebeu de imediato o que quis dizer com aquele gesto!

Paramos num multibanco enquanto ele levantava a quantia, como já sabia que íamos passar a noite juntos, levantou perto de 600€, quando entrou novamente no carro e estendeu a mão com o dinheiro, decidi aceitar apenas 400€, digamos que fiz desconto de amigo!

Quando entrámos no hotel, cujo nome não irei nomear porque também não interessa, fomos muito bem recebidos, até que a senhora da recepção perguntou de quanto tempo seria a nossa estadia, ao qual respondemos ao mesmo tempo que seria apenas por aquela noite!

Claro que recebemos aquele olhar de reprovação que não deveria de ser dado por pessoas que trabalham em hotéis, mas nada disso nos fez mudar de ideias, e enquanto ele estava a pagar, as minhas mãos iam passeando pelo seu corpo que tinha alterado nos últimos tempos. Estava delineado e com os músculos bem definidos, para alguém de 45 anos não estava mesmo nada mal!

Posso afirmar que a tesão dele estava bem visível e que provavelmente, tenha deixado a recepcionista um pouco desconfortável, mas depois do pagamento feito fomos para o elevador. Sim, todos nós sabemos que os elevadores têm câmara mas acho que naquele preciso momento, não nos interessou!

Ele puxou-me para ele e começamos, literalmente, as comer-mo-nos ali mesmo! As mãos dele percorriam o meu corpo, estava completamente molhada e claro, que ele não teve problema absolutamente nenhum em meter as mãos dentro das minhas cuecas. As nossas mãos andaram a passear pelos corpos que transpiravam com o desejo à flor da pele, eu molhada e ele completamente erecto! Os beijos eram apaixonados e cheios de tesão, não sei como nos aguentámos sem penetração até ao quarto!

Pronto devo de confessar, os meu pobre cinto-de-ligas e as cuecas não aguentaram, foram rasgadas assim que a porta do quarto fechou, mas nem estava com cabeça para pensar nisso e não quis saber.

Agarrei na gravata do António que já estava completamente fora do sitio e usei-a para lhe prender as mãos, ele adora ser amarrado e nada lhe provocava mais excitação do que fazer-lhe isso!

 

Mesmo de mãos completamente amarradas, encostou-me à parede de costas para ele, puxou o meu vestido para cima e os seus olhos estavam a arder de desejo! Com as minhas mãos puxei-lhe as calças e os boxers para baixo, e não sei como o consegui fazer mas coloquei o preservativo, mesmo sem ter um campo de visão amplo para o que estava a fazer!

A minha vagina pingava, acho que em nenhum encontro que tive isto alguma vez me tinha sentido assim, daí ter dito que era um encontro especial, mesmo muito especial, ele penetrou-me! Senti o seu pénis grande e cheio de vigor a entrar e a esticar cada músculo da minha querida vagina, o desejo e a tesão estavam finalmente a ser satisfeitos!

Sem dúvida que foi um encontro especial, não sei como conseguiu aguentar mas sei que me fez vir duas vezes e ainda se aguentou mais um pouco! As mãos amarradas não permitiam muito mobilidade da sua parte, mas as minhas mamas não se queixaram pois a forma como ele me agarrava era de facto boa e cheia de vigor!

Encontro especial com direito a conchinha!

Sabem bem que mais uma das minhas regras é nunca dormir dormir com um cliente, mas esta noite estava a ser cheia de surpresa e depois de tanta actividade física acabámos por adormecer sem trocar uma única palavra!

Só na manhã seguinte falámos e ele explicou-me que se tinha ausentado do pais durante uns tempos e antes de se ir embora tinha perdido o telemóvel e com ele todos os contactos, incluindo o meu!

Escusado será dizer que de manhã ainda tivemos mais actividades sexuais recreativas muito engraçadas para dizer no mínimo e que aproveitámos ao máximo a nossa estadia naquele belo hotel! Foi um encontro especial memorável e que me fez reconectar com um antigo cliente que passou novamente a ser regular e ainda me deu direito a uma bela gorjeta!

E vocês minhas queridas? Têm algum cliente ou história desta género? Deixem o vosso comentário!

Acerca Sofia

Sou advogada de profissão, mas a verdade é que deixei de gostar de Direito! Não tenho paciência para burocracias, gosto de ir directa ao ponto, adoro sexo, sou uma acompanhante de luxo a tempo inteiro e quero-vos contar a minha história!

Check Also

As perguntas mais estranhas dos meus clientes

As perguntas mais estranhas dos meus clientes

Quando se é acompanhante de luxo há diversos anos, conhecemos centenas de homens diferentes, com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.